Artigos

O Impacto da Administração Trump no Brasil e no Comércio Global

  • 11 julho 2017

A velocidade de fatos, boatos, decisões e novas versões talvez nunca tenha avançado tanto em Washington, D.C., como nestes primeiros meses da Administração Donald Trump. A dinâmica evolui de forma particularmente intensa nos temas da política externa.

Embora aparentemente hesitante ou até diversionista em alguns casos, a retórica protecionista veio para ficar e ações neste sentido seguem sendo implantadas, uma a uma, trazendo riscos inclusive ao Brasil, independente de ter ou não déficit comercial com os Estados Unidos.

O quadro foi traçado ao longo do evento CEBRI Breaking News #5 “O Impacto da Administração Trump no Brasil e no Comércio Global”, realizado na sede da AMCHAM Brasil (American Chamber of Commerce for Brazil) em São Paulo.

Compartilhe

A velocidade de fatos, boatos, decisões e novas versões talvez nunca tenha avançado tanto em Washington, D.C., como nestes primeiros meses da Administração Donald Trump. A dinâmica evolui de forma particularmente intensa nos temas da política externa.

Embora aparentemente hesitante ou até diversionista em alguns casos, a retórica protecionista veio para ficar e ações neste sentido seguem sendo implantadas, uma a uma, trazendo riscos inclusive ao Brasil, independente de ter ou não déficit comercial com os Estados Unidos.

O quadro foi traçado ao longo do evento CEBRI Breaking News #5 “O Impacto da Administração Trump no Brasil e no Comércio Global”, realizado na sede da AMCHAM Brasil (American Chamber of Commerce for Brazil) em São Paulo.

Participaram dessa publicação

Roberto Teixeira da Costa
Conselheiro Emérito

Membro do Conselho de Administração do Interamerican Dialogue de Washington

Deborah Stern Vieitas
CEO da AMCHAM Brasil

Kellie Meiman
Sócia-gerente da McLarty Associates

Pablo M. Bentes
Diretor de Comércio Internacional e Investimentos da Steptoe & Johnson LLP

EVENTO DA PUBLICAÇÃO

TEMAS RELACIONADOS