Version EnglishENGLISH VERSION

O Brasil e a Agenda da Sustentabilidade: desafios e oportunidades para o Estado, o setor privado e a sociedade civil

01/11/2012

Imagem do palestrante

Carlos Eduardo Young

Doutor em Economia, Universidade de Londres; Professor, Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Imagem do palestrante

Eduardo Viola

Coordenador, Rede de Pesquisa em Mudança Climática e Relações Internacionais, Universidade de Brasília (UnB)

Imagem do palestrante

Gustavo Ferroni

Policy Officer, Instituto Vitae Civilis

Imagem do palestrante

Matías Franchini

Membro, Rede de Pesquisa em Mudança Climática e Relações Internacionais, Universidade de Brasília (UnB)

Desde 1972, quando foi realizada a primeira conferência global sobre o meio ambiente, em Estocolmo, questões ambientais têm ganhado cada vez mais destaque na política internacional. Atualmente, diante de inúmeros estudos científicos que tratam dessa temática e remetem à urgência dos problemas ambientais – em especial, da questão das mudanças climáticas –, vários países reconhecem a necessidade de se adotar medidas para evitar futuros possíveis cenários de catástrofes em escala mundial. Não obstante, as negociações em fóruns multilaterais voltadas para o desenvolvimento sustentável têm se mostrado difíceis e enfrentado obstáculos característicos às tomadas de decisões em nível global sobre questões de longo prazo: lentidão, ausência de metas e de compromissos legalmente vinculantes.



Centro Brasileiro de Relações Internacionais