Version EnglishENGLISH VERSION

A Política Externa dos EUA: Continuidade ou Mudança?

25/08/2003

Imagem do palestrante

Cristina Soreanu Pecequilo

 

Neste início do século XXI, as Relações Internacionais vem sendo marcadas por inúmeras incertezas e transformações que acentuam o caráter transitório do mundo do pós-Guerra Fria cujo nascimento data de 1989. Apesar da supremacia dos Estados Unidos e de que afirmemos que estamos vivendo a segunda era de dominação desta hegemonia, consolidada a partir de 1945, podemos apresentar inúmeros questionamentos a respeito de sua durabilidade e eficiência. Em particular, os atentados de 11/09 e a atual orientação internacional republicana sugerem um processo simultâneo de endurecimento e declínio desta liderança dada sua superextensão e o consumo de seus recursos políticos e econômicos. A despeito de sua posição imperial, os Estados Unidos podem estar, dentro deste momento de reordenamento de poder global, estabelecendo os parâmetros de seu próprio desaparecimento como potência hegemônica. Todavia, este não seria um movimento inédito, devendo-se atentar á evolução da liderança americana e considerar de que forma os conteúdos presentes do engajamento no pós-Guerra Fria são resultado de um processo de construção e formação prévia.



Centro Brasileiro de Relações Internacionais