Version EnglishENGLISH VERSION

Lançamento de Livro e debate sobre Direitos Humanos

08/12/2005

O CEBRI realizou, no dia 08 de dezembro de 2005, o lançamento do livro "Direitos Humanos na Pós-Modernidade", de José Augusto Lindgren Alves, atual embaixador do Brasil na Bulgária.

O CEBRI realizou, no dia 08 de dezembro de 2005, o lançamento do livro "Direitos Humanos na Pós-Modernidade", de José Augusto Lindgren Alves, atual embaixador do Brasil na Bulgária. O Embaixador João Clemente Baena Soares, Conselheiro do CEBRI, abriu o evento enfatizando que os direitos humanos não são uma responsabilidade somente dos Governos e das organizações internacionais, mas também dos cidadãos que convivem em sociedade e devem buscar sua aplicação e respeito.

O Embaixador Lindgren iniciou sua exposição afirmando que o período compreendido entre o fim da Guerra Fria e a metade da década de ´90 foi marcado pela inserção dos direitos humanos na agenda internacional e a aceitação da sociedade civil como parceira do Estado. Diversos fatores contribuíram para isso, dentre os quais se destacam a desarticulação dos países que vivenciavam o "socialismo real" e a onda de redemocratização que se alastrou pelo mundo.

Para Lindgren, o tema atingiu seu apogeu durante a Conferência de Viena em 1993, quando todas as nações adotaram, sem reservas, pela primeira vez, a universalidade dos direitos humanos. O resultado da Conferência foi a Declaração de Viena, documento permeado pela tríade "democracia, desenvolvimento e direitos humanos", que reitera a indivisibilidade dos direitos do homem, sem distinção entre direitos civis, políticos, econômicos e sociais.

Em contraponto, e simultaneamente à Conferência, a guerra da Bósnia se tornava mais crítica, assim como a guerra civil em Angola e os massacres ocorridos em Ruanda eram diariamente estampados na mídia internacional, demonstrando uma clara separação entre o discurso e a prática. Além disso, ao mesmo tempo em que a democracia se consolidava, o fenômeno da globalização se intensificava, manifestando, na esfera econômica, o neoliberalismo - que por vezes se mostra contrário aos direitos humanos, já que foca na competitividade, em detrimento da segurança social.



Centro Brasileiro de Relações Internacionais