Version EnglishENGLISH VERSION

Em cerimônia no Palácio Guanabara, o CEBRI lança Núcleos de Trabalho

16/02/2016

Com a participação do Ministro das Relações Exteriores, Embaixador Mauro Vieira, o Centro Brasileiro de Relações Internacionais (CEBRI), um dos principais thinks tanks na área de relações internacionais, lançou nesta terça-feira (16/02) Núcleos de Trabalho que terão a importante missão de elevar a qualidade e aprofundar o debate sobre as relações internacionais do Brasil, contribuindo na construção de uma visão de longo prazo para ampliar a inserção do país no cenário internacional e que coordenarão os programas de trabalho do Centro. Nas palavras do Presidente do Conselho Curador do CEBRI, Rafael Benke, “O CEBRI só cumprirá sua missão de contribuir para a política externa na medida em que mantenha uma interação sistemática e regular com o Governo”.

Os temas prioritários foram escolhidos de acordo com a realidade brasileira, considerando as principais necessidades do país na área pública internacional. São eles: Inserção Econômica Internacional; Brasil no novo contexto Sul-Americano; Ásia: transformações geoeconômicas e geopolíticas; e Política Externa Brasileira.

Um dos idealizadores desta iniciativa, o Presidente do Conselho Curador do CEBRI, Rafael Benke, destacou a importância da participação do Itamaraty. “Essa tradição de diálogo com o Ministério das Relações Exteriores é o que nos dá combustível para continuarmos trabalhando e sabermos que a nossa contribuição intelectual será de utilidade para aqueles que estão formulando as políticas brasileiras e trilhando os caminhos do país para o avanço das relações internacionais”.

Em sua palestra sobre os avanços da política externa brasileira, na abertura da Cerimônia, no Palácio Guanabara, Rio de Janeiro, o Ministro Embaixador Mauro Vieira disse que as contribuições são de extrema importância para a identificação das prioridades estratégicas centrais no processo de desenvolvimento econômico e social do Brasil. “O fato do Centro contar com um Conselho Curador composto por ex-Ministros, Secretários-Gerais, Embaixadores e outras personalidades no campo das relações internacionais e com um Conselho Consultivo constituído majoritariamente por eminentes representantes do setor privado é uma importante demonstração de que o diálogo entre academia, governo e empresariado é cada vez mais relevante para a compreensão da complexa realidade internacional em que vivemos. É fundamental que fortaleçamos o governo e a sociedade civil desta capacidade de olhar além das urgências imediatas, projetando o que será o Brasil do futuro”

Renomados especialistas à frente dos Núcleos de Trabalho

Inspirados em uma tendência internacional de atuação dos think tanks, os Núcleos de Trabalho seguem uma metodologia inovadora e são coordenados por Senior Fellows – um seleto grupo de especialistas que estarão à frente da agenda de trabalho do CEBRI em 2016.

Mario Marconini, baseado em São Paulo, é Diretor Titular Adjunto do Departamento de Relações Internacionais e Comércio Exterior da FIESP e Presidente do Conselho de Relações Internacionais da Fecomercio. Foi Secretário de Comércio Exterior do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) e Conselheiro da Organização Mundial de Comércio - OMC.

Embaixador Valdemar Carneiro Leão, baseado no Rio de Janeiro, foi Embaixador do Brasil na China, Canadá e Colômbia e atou como Subsecretário-geral de Assuntos Econômicos e Financeiros do Ministério das Relações Exteriores.

Maitê Bustamante, baseada em Joinville, é Presidente da Câmara de Comércio Exterior da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina – FIESC e Membro da Coalizão Empresarial Brasileira. Foi Diretora do Departamento de Relações Internacionais e Comércio Exterior da FIESP.

Embaixador Regis Arslanian, baseado no Rio de Janeiro e São Paulo, foi Chefe de Missão Adjunto na Embaixada do Brasil em Washington e Embaixador - Representante Permanente junto ao MERCOSUL e à ALADI, no Uruguai. Atuou nas Embaixadas do Brasil na Alemanha, Venezuela e na Missão Permanente do Brasil junto à ONU em Nova Iorque. Foi Chefe Negociador de Comércio do Brasil.

Matias Spektor, baseado em São Paulo, é fundador e professor do Centro de Relações Internacionais da Fundação Getúlio Vargas e atuou como pesquisador visitante no Woodrow Wilson International Center for Scholars e no Council on Foreign Relations.

Ricardo Sennes, baseado em São Paulo, atua como Coordenador Geral do Grupo de Análise da Conjuntura Internacional (GACINT), da USP, e é Professor Doutor da Pontifícia Universidade Católica, com experiência na área de Relações Internacionais.

Daniel Godinho, baseado em Brasília, é o Secretário de Comércio Exterior do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC). Foi Assessor na Secretaria Executiva da Câmara de Comércio Exterior (Camex) e Diretor do Departamento de Negociações Internacionais (Deint) da Secretaria de Comércio Exterior (Secex).

Vera Thorstensen, baseada em São Paulo, atua como Professora e Pesquisadora da Escola de Economia de São Paulo da FGV e Coordenadora do Centro do Comércio Global e do Investimento. Foi Assessora Econômica da Missão do Brasil em Genebra e Presidente do Comitê de Regras de Origem da OMC.

O evento contou, ainda, com a presença do Vice-Governador Francisco Dornelles, de Conselheiros do CEBRI, como o Ex-Ministro Pedro Malan, Embaixador Luiz Felipe Seixas Correa (ex-Secretário Geral do Itamaraty e ex-representante do Brasil na OMC), Embaixador José Botafogo Gonçalves (ex-Ministro de Estado da Indústria, do Comércio e do Turismo do Brasil; Ex-Embaixador Especial para Assuntos do Mercosul e foi Embaixador do Brasil na Argentina), Embaixador Roberto Abdenur (ex-Embaixador nos EUA e na China), Embaixador Marcos de Azambuja (ex-Secretário Geral do Itamaraty e ex-Embaixador na Argentina e França), Embaixador Luiz Augusto de Castro Neves (ex-Embaixador na China e no Japão), além de Cônsules de mais de 20 países, entre os quais James Story (EUA), Sanjeev Chowdhury (Canadá), e Marcelo Bertoldi (Argentina).



Centro Brasileiro de Relações Internacionais